Sem novidades, Djokovic entra como principal favorito ao título do Australian Open

Vai começar o primeiro Grand Slam do ano! O Australian Open inicia sua fase principal da competição à partir deste domingo (19), reunindo os melhores tenistas da modalidade em Melbourne, na Austrália. Nesta temporada, o major terá sua maior premiação da história, distribuindo quase 40 milhões de dólares aos atletas. E como não poderia ser diferente, teremos um rosto bem conhecido como favorito ao título: Novak Djokovic, o maior vencedor da história do torneio.

Além de conhecer todos os atalhos rumo ao troféu, Djokovic coleciona boas atuações neste início de temporada, que já lhe rendeu o título da ATP Cup, o mais novo campeonato de seleções da entidade máxima do tênis. “Nole” aparece liderando as odds no site do BetMais, com cotação de $2.25 no favoritismo do Grand Slam australiano.

O principal rival do sérvio será Rafael Nadal, coincidentemente seu adversário derrotado no título da ATP Cup. O espanhol, atual número 1 do mundo, sofreu sua nona derrota seguida para Djokovic, mostrando uma verdadeira freguesia no confronto – o que mostra as odds de Nadal para vencer o campeonato estar bem acima do sérvio: $5.10.  

Este “duelo pessoal” entre as lendas no Australian Open será impulsionada ainda pelo topo do ranking ATP. Separados apenas por 515 pontos, Nadal terá que, ao menos, chegar na decisão para se manter número 1 do mundo sem depender de ninguém – já que foi finalista no último ano. Já Djokovic, torce por uma queda precoce do espanhol, já que entra no torneio apenas para defender sua pontuação conquistada em 2019, quando levou o seu sétimo título no Grand Slam da Austrália.

“Big Three” ameaçado?

Roger Federer também está bem cotado na lista de favoritos do Australian Open, mas engana-se que ele venha logo atrás de Djokovic e Nadal. O terceiro da lista é Daniil Medvedev, com odds pagando $8.70 no site do BetMais. Nada surpreendente, com a grande fase do russo, que começou muito bem o ano, fazendo uma grande campanha na ATP Cup, onde só parou na semifinal, ao perder para Djokovic em jogo duríssimo.

Então é de se entender em ver o suíço na quarta posição para vencer o torneio. Federer, que não participou da ATP Cup para se poupar fisicamente, chega ao Australian Open como uma incógnita, já que não atuou ainda em 2020. Porém, o tenista nunca pode ser descartado, já que mostrou em 2019, mesmo com 38 anos, estar em grande forma, vencendo quatro títulos no ano.

Daniil Medvedev é o maior perigo para o “Big Three” na competição (Foto: ATP)

Quem mais pode incomodar?

Sem dúvida os quatro atletas mencionados são os principais favoritos ao título do Australian Open – com destaque para Djokovic, que realmente vem jogando em um nível mais alto que seus adversários no momento. Mas não tem mais ninguém que pode surpreender? Sim! Temos!

Não podemos deixar de destacar tenistas como o jovem Stefanos Tsitsipas, que se consolidou como um dos maiores atletas do mundo na última temporada e segue em evolução. Além do grego, os já carimbados Dominic Thiem (Áustria) e Alexander Zverev (Alemanha), em seus dias bons, são difíceis de serem batidos. Também temos que ficar de olho no “tenista da casa” Nick Kyrgios, que com a cabeça no lugar é um adversário duro para qualquer um no Circuito.

Fique ligado no Australian Open aqui no BetMais e não esqueça de fazer a sua aposta no site!

Você também pode gostar: