Conseguirá Kawhi Leonard impedir o tri do Golden State Warriors nas finais da NBA?

nba finals

Depois de uma longa temporada, finalmente chegamos no clímax do basquete mundial. É a partir desta quinta-feira que começam as finais da NBA, que terão neste ano como protagonistas Golden State Warriors (novamente) e Toronto Raptors, que duelam em uma série de melhor de sete jogos.

Como teve campanha regular superior, os Raptors levam a vantagem de disputar quatro partidas em casa nas finais. Foram 58 vitórias e 24 derrotas para a franquia canadense, que os deixaram em 2º no lado leste. A equipe ficou apenas atrás do Milwaukee Bucks, adversário derrotado na final da Conferência na última semana. Foram necessários seis jogos para confirmar a vaga na decisão da NBA – depois de tomar 2 a 0 na série, o time de Toronto virou com uma sequência de 4 vitórias seguidas nos Bucks, para chegar a sua primeira final na competição.

Do lado oeste, os Warriors confirmaram o favoritismo e lideraram a temporada regular com 57 vitórias e 25 derrotas. Na final da Conferência, um massacre por 4 a 0 na série em cima do Portland Blazers, mesmo sem uma de suas principais estrelas, Kevin Durant, os colocaram pelo quinto ano consecutivo na decisão da NBA. Em quatro finais disputadas, todas contra o Cleveland Cavaliers, foram três títulos (2015, 2017 e 2018) e um vice. No total de sua história, a franquia coleciona seis troféus na competição.

O confronto entre as equipes colocam diversos protagonistas para esta decisão. Do lado dos Raptors é impossível não mencionar a importância de Kawhi Leonard. O atleta vem sendo o melhor jogador da pós-temporada da NBA e promete ser o principal trunfo dos canadenses. Lembrando que Kawhi conhece o caminho para a glória na modalidade: o camisa 2 já venceu um campeonato da NBA em 2014, com o San Antonio Spurs, e levou o MVP com média de 31,2 pontos e 8,8 assistências por jogo. Se o Toronto Raptors quiser surpreender os adversários, precisará desta peça em sua plenitude para erguer o troféu.

Sem Durant, Stephen Curry vem sendo a principal peça ofensiva dos Warriors (Foto: NBA)

Os Warriors vem criando uma dinastia na NBA recente. Também pudera, a franquia é recheada de grandes craques. Nas últimas duas temporadas, foi Kevin Durant que levou os prêmios de MVP. Sem o ala-pivo, lesionado (o treinador já confirmou ele fora ao menos da primeira partida), a esperança dos fãs fica nas costas de Stephen Curry. O armador vem carregando o time de Oakland, sendo a principal peça ofensiva da equipe: média de 35,8 pontos e 6,6 assistências nos cinco jogos de ausência de Durant. A boa fase misturada com o fato de Curry nunca ter ganho o MVP das finais, poderá motivá-lo ainda mais nesta série.

Sem dúvidas, um grande espetáculo nos aguarda nos próximos dias. Mesmo com o favoritismo dos Warriors, é esperado uma série bem disputada. Se forem necessários as sete partidas, conheceremos o campeão no dia 16 de junho. Até lá, a única certeza que teremos é que a NBA nos proporcionará uma decisão digna do melhor basquete do mundo.

Confira as datas e horários da final da NBA:

30 de maio – jogo 1 – 22h – Scotiabank Arena

2 de junho – jogo 2 – 21h – Scotiabank Arena

5 de junho – jogo 3 – 22h – Oracle Arena

7 de junho – jogo 4 – 22h – Oracle Arena

10 de junho – jogo 5 – 22h – Scotiabank Arena (se necessário)

13 de junho – jogo 6 – 22h – Oracle Arena (se necessário)

16 de junho – jogo 7 – 21h – Scotiabank Arena (se necessário)

Você também pode gostar: