Foi apenas a segunda vez em 150 anos que Wimbledon foi cancelado na temporada

O Grand Slam de Wimbledon, que estava previsto para ser disputado entre 29 de junho e 12 de julho, foi cancelado devido à pandemia do novo coronavírus nesta quarta-feira. A primeira vez que isso aconteceu foi na Segunda Guerra Mundial, quando o evento ficou paralisado durante seis anos.

Foi entre 1940 e 1945, com o centro da guerra na Europa, o Major inglês, cuja primeira edição data de 1877, precisou de uma pausa por causa do combate. Agora com a pandemia do coronavírus, a direção do All England Club optou por adiar a 134ª edição da competição para o ano de 2021.

“Tínhamos consciência de que a organização do The Championships só havia sido interrompida no passado pelas Guerras Mundiais, mas, após o estudo exaustivo de todos os cenários, consideramos que, dado o contexto de crise mundial, a decisão de cancelar este ano o evento é a correta”, declarou em comunicado o presidente do All England Club, Ian Hewitt.

Ao mesmo tempo, a ATP e a WTA anunciaram a prolongação da suspensão dos circuitos masculino e feminino de tênis profissionais até 13 de julho, o que impossibilita a disputa de toda a temporada sobre grama.

“Agradecemos o apoio da ATP, WTA e ITF nesta decisão, e dos nossos amigos e parceiros que organizam estes eventos de grama, tão importantes na preparação para Wimbledon”, frisou o director-executivo do All England Club, Richard Lewis.

Durante os seis anos de interrupção de Wimbledon nos anos 40, o All England Club participou no esforço de guerra, disponibilizado as suas instalações para vários fins, como simulações de defesa civil e militar, dando espaço para veículos de emergência, uma unidade de descontaminação e criou um pequeno quintal para criação de animais e plantação de vegetais.

Desta vez, o clube voltou a disponibilizar as suas instalações ao serviço nacional de saúde britânico e outras entidades que combatem o COVID-19 e ajuda na distribuição de equipamento médico e comida.

E os outros Grand Slam?

Grand Slam que acontece anualmente antes de Wimbledon, Roland Garros optou por não cancelar seu evento na temporada. Porém, a Federação Francesa de Tênis adiou a data de realização do torneio, que aconteceria a partir do dia 24 de maio, para o dia 20 de setembro.

Já a Federação de Ténis dos EUA (USTA) emitiu um comunicado recentemente, reiterando a intenção de organizar o US Open na data prevista, entre 31 de agosto e 13 de setembro, embora, frisando que se mantém atenta no desenrolar dos acontecimentos derivados da pandemia e aos conselhos das autoridades do país.

Você também pode gostar: