Seis vezes Lewis Hamilton

Seis vezes Campeão do Mundo de Fórmula 1. Esse é o número de Lewis Hamilton, o piloto inglês fã de Ayrton Senna que já era grande, agora fica bem perto da lenda, Michael Schumacher.

Desde 2008, quando foi campeão do mundo pela 1ª vez em Interlagos, quando pilotava pela McLaren ainda na era Ron Dennis, muitos já especulavam seu futuro promissor e de grandes sucessos na F-1. Mas ninguém poderia imaginar que ele chegaria até aqui, com seis títulos e uma carreira ainda em crescimento.

Na lista dos maiores campeões do mundo temos somente dois em atividade – Hamilton e Vettel. Isso nos leva a pensar muito na era Schumacher / Ferrari. Lewis e sua Mercedes prateada são simplesmente imbatíveis. A harmonia dele com o carro e a equipe nos remete aos grandes títulos de Schummy na escuderia italiana, ao ano perfeito de Prost na Williams e na era de Senna na McLaren.

Ninguém foi tão preciso e tão inteligente quanto Schumacher e Ross Brawn, dizem por ai. Ninguém era tão rápido e fatal quanto Senna na McLaren. Ninguém era tão duro e calculista quanto Prost na Williams. Vettel e Newey pareciam ser melhores que Batman e Robin. Mas a Mercedes parece andar em um trilho que ninguém mais vê, só Hamilton e Toto Wolff.

Ano que vem ainda teremos carro bem parecidos como esse ano, então podemos dizer que as brigas por ultrapassagens ainda se resumirão em aberturas de asa, retas longas e curvas de 45 graus. Os carros ainda vão sofrer com as turbulências do ar sujo dos carros à frente e do lado, o que pode nos fazer pensar num 7º título de Hamilton da mesma maneira que vimos em 2019 e 2018 – “fácil”.

Em 2021 as coisas mudam, os carros mudam e quem sabe aparece alguém para “bater de frente” com a turma da Mercedes. Não saberemos se isso vai ser possível, sabemos desde já que as ultrapassagens estarão de volta, sem turbulências e com rodas aro 18. Quem sabe teremos de volta uma F-1 mais legal de assistir e acompanhar, com mais brigas e disputas e quem sabe com outro campeão mundial.

Por enquanto nos resta parabenizar o menino inglês que cresceu apaixonado por Senna, que correu ao lado de Schumacher e disputa seus títulos com Vettel. Lewis é merecedor dos seis títulos e dos recordes que vem quebrando por ai.

Você também pode gostar: